foi adicionado com sucesso ao seu carrinho.

Com uma linguagem simples e clara, leia algumas objeções e suas argumentações durante uma negociação sobre clientes que não sabem nada ou quase nada sobre a internet e a enxergam como algo difícil e desnecessário, e também, por isso, não demonstram muito interesse, ou que, já possuem um site, mas daqueles amadores, que não são integrados nas metas da empresa ficando em segundo plano. Clientes muito ocupados em “manter o dia a dia” sem tempo para expandir a empresa.

Não preciso de um site pra vender, só acredito na venda aqui na loja.
Nos dias atuais a internet já faz parte da vida das pessoas e por isso deve fazer parte do dia a dia das empresas. Não houve uma época em que ter uma máquina de escrever ou um fax era um absurdo? Portanto,  se as  pessoas usam carros para ganharem tempo, conforto, segurança, status e meio de ganhar mais dinheiro – um site é um meio de ganhar tempo em relação aos concorrentes, reduzir custo operacional, atender bem o cliente, disponibilizar pra ele informações em tempo real como incentivo pra que ele venha até o estabelecimento. É um atrativo, como a bela fachada e decoração interna do estabelecimento.

Não entendemos nada de computador.
Mas não é o cliente que precisa entender de computador, e sim nós que trabalhamos com isso. Você fez um curso especial para aprender a operar um aparelho de celular, uma TV, um aparelho de som, um barbeador elétrico, um DVD ou painel do seu carro? Não foi no dia a dia que aprendeu ou com alguém lhe dando umas dicas rápidas? Quanto a operar o site através de um computador, oferecemos um treinamento  e ainda estaremos sempre “por perto” com o Suporte.

Não quero agora, qualquer coisa eu ligo.
Como irá ligar se nem ao menos obteve informações básicas sobre o que é ter um site? Isto pode significar muitas coisas, mas, principalmente, que no momento que lhe foi proposto ter um site você estava pensando em outras coisas, algum problema em casa, na empresa, no banco, ou não esperava uma visita, ou que era só mais um vendedor de muitos que costumam entrar em contato durante o dia. É uma forma de “dispensar”, ou “dizer que não está”. Marque uma visita antecipada, peça uma apresentação, e se houver oportunidade, falem em custos.

Acho que não funciona.
Por não saber quase nada de internet vê como algo difícil e, por isso, não se interessa. Normalmente está muito ocupado em “salvar o dia a dia” e não têm tempo para melhorar a empresa. E como pode dizer que não funciona? Por ouvir falar ou por experiência?

Já tive um site e não me valeu de nada.
Neste caso, saiba, ouve um tempo em que a internet ainda era uma novidade, e a tecnologia ainda era limitada a poucos. Cadastrar o site em buscadores era demorado e, divulgar em mídias tradicionais sempre dependia de muita verba, ou também porque a estrutura e o conteúdo dos sites só podiam ser “mexidas” pelo webmaster, o autor do site. Então ficava-se “preso” ao webmaster para qualquer mudança simples de textos ou imagens. Um dos motivos pode ter sido esse, mas, hoje, o conteúdo dos sites que comercializamos são totalmente administráveis pelo próprio cliente e em tempo real, via um painel de controle, de qualquer computador conectado na internet, agilizando as atualizações, deixando-o sempre novinho e a tecnologia dos sites de busca facilitam a inclusão, além do marketing eletrônico que ficou mais acessível, tornando mais barata a divulgação.

Não preciso, pois já faço propaganda ou já tenho bom movimento.
Quem ainda consegue administrar uma empresa sendo do tipo que fica “concentrado” apenas no dia a dia, não investe quase nada, ou não é um empreendedor nato, ou até é, mas precisa ser despertado. Por algum motivo até faz propaganda (que consolida a marca da empresa, fideliza e atrai novos clientes), talvez porque todos façam, e se agarra somente nesta pequena decisão já em andamento, que até durou muito tempo para acontecer. Faz muito pouco para a empresa crescer, ficando naquilo que já está acostumado. Qualquer outra novidade, já pensa logo que apenas vai lhe aumentar os custos, mais boleto pra pagar, mais correria. Sendo assim, não tem tempo pra pensar e analisar que um site é um investimento que retorna em curto e médio prazo, e que deve se esforçar para presentear a empresa com um sistema web profissional.

Saiba, o fato de estar investindo em outras mídias já o coloca na frente em relação à concorrência e, ainda mais, se continuar investindo em mais uma mídia, ou melhor, uma mídia própria como um site, pois uma reforça a outra, e que não estará investindo apenas em patrimônio, como a compra de um ar condicionado para sua sala, mas estará investindo em solidez, em estabilidade.

© Guth

 

1
×
Olá! Fale com a gente!